sexta-feira, 23 de março de 2018

CASTIGO


           Todo mundo sabe que o sobrenome mais comumente encontrado em brasileiros é o famoso Silva, mas ultimamente tenho percebido um aumento considerável no sobrenome Pinto. E é justamente por causa dele que me surgiu a ideia de redigir estas poucas linhas. O brasileiro é bem criativo em colocar nomes em seus filhos, alguns nomes são muito longos, outros bem curtinhos, nomes longos já vem dos primórdios da nossa pátria amada, quem não conhece o famosíssimo nome de Dom Pedro II?   O nome dele é tão longo que duvido você dizê-lo em um só fôlego. Duvida? Então diga sem puxar fôlegoPedro de Alcântara João Carlos Leopoldo Salvador Bibiano Francisco Xavier de Paula Leocádio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga. Conseguiu? Viu só, eu não te disse? Eu te falei que seria difícil! Retome seu fôlego amigo, senão não vai conseguir ler até o final, não depois de uma maratona verbal desta magnitudevocê caro leitor, merecia ganhar um troféu depois dessa, não é verdade? Pois bem, seu fôlego já foi restabelecido? Então vamos em frente. Como eu dizia, os brasileiros são povos engenhosos no quesito dar nomes a seus entes queridos, imagino que alguns não sejam tão queridos assim na família como se pensapercebe-se nitidamente que foram mal recebidos por causa do nome que escolheram para o pobre infelizcomo não querem dizer diretamente, apelam para o castigo de nomes indigestos, que o indivíduo  tem que amargar  por toda a vida como punição só pelo simples fato de ter vindo ao mundo na hora errada! Que culpa tem o pobre coitado? Quanta maldade! 

        E para provar que não estou mentindo quanto a engenhosidade do povo brasileiro para pôr nomes, vou mostrar-lhes alguns exemplos que chegam a beirar a esquisitice!  Alguém conhece o Jacinto Leite Aquino Rego? E o Rolando Escadabaixo? E o Otávio Bundasseca? Olha o nome desse camarada: Amável PintoEste aqui deve ser um dos poucos que deve se orgulhar: João Pinto Forte, Jacinto Pinto, Armando Pinto, são só alguns exemplos inusitados, e por falar em sobrenome Pinto, encontrei um casal que sinceramente, acho que eles não vão querer ter filhos definitivamente e nem podem ter, eu como  amigo também os aconselharia a não ter, e acho que você que está lendo isso agora há de concordar comigo, não  é pela situação que o país se encontra hoje, crise econômica seria molezinha perto disso, por causa da violência? Também não, pois violência existe deste que Brasil  é conhecido por Brasil, e isso dificilmente irá mudar. Agora só resta você me perguntar; Ah! Já sei, é por questão de doença, eles são inférteis? Eu sou obrigado a responder que não meu amigo, você errou de novo. Mas aí você deve estar se perguntando: Peraí! Se não é por questão de crise econômica, nem por causa da violência e tampouco devido a causas naturais, ou seja, doença de infertilidade; por qual motivo esse casal não pode ter filhosQue mistério é esse? Meu amigo, vou revelar o enigma, calma, já vou te responder, "não se avexe não homi", como diria um amigo nordestino. 

          A questão, eu diria, é apenas de interpretação e envolve ética e moral, ou moral e ética como você achar melhor, a ordem dos fatores nesse caso específico não altera o resultado como ocorre na matemática. 
Chega de fazer mistério, vamos aos fatos, só peço um pouco de atenção para que cheguemos a uma conclusão mútua. Conheci um jovem casal recentemente, confesso fiquei encantado com a simpatia deles, ela se chamava Lourdes, era uma mulher assim até jeitosinha, não era de se jogar fora não, como diria um colega meu, ela era bacaninha! Ele se chamava Renato, o cara era boa pinta e tal, papo vai, papo vem, entramos no mérito familiar, foi onde percebi uma certa repugnância do casal a respeito do assunto. E ficou ainda mais claro quando perguntei: - Mas vocês não pretendem ter filhos? Já são casados há bastante tempo, não acham? Obtive como resposta um NÃOOO! Tão sonoro e sincronizado de ambos, que mais parecia um coro ensaiado, ou talvez estivessem tão afiados pela frequência das respostas. Foi aí que fui entender que o nome completo dela era Lourdes Pinto e o dele Renato Durão. Imagine como seriam os nomes desses pobres anjinhos inocentes! 
Autor: Jostly 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...