sábado, 6 de setembro de 2014

LUZES ONÍRICAS


Vi fortes luzes azuladas cruzarem os céus
Vi objetos luminosos cruzarem os mares
Luzes circulares que me deixaram incréu
Na Terra vi repousar, e depois voarem.

 Imóvel, atônito, fiquei a contemplar
As luzes sutis que pairavam sobre o mar
Não sentia medo, meu desejo era de tocar
Antes que subissem aos céus para viajar.

Uma silhueta de fóton a me vigiar
Sons indecifráveis, ouvi da criatura
Como se alguma coisa quisesse  me falar.

 Banhado pelas luzes fiquei a olhar
Eu esgrilava a figura de mediana estatura
Quando dum sonho, vim me desvencilhar.
Autor: Jostly

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...