domingo, 26 de janeiro de 2014

ALMA AFLITA


Não sei se é a música que ouço
Ou se é a saudade que sinto de ti
Talvez seja a certeza de que te perdi   
que aos poucos em lágrimas me desfaço.

 Só uma alma angustiada e saudosa
aflita e tristonha, seria capaz de compor
Tais versos de pura aflição penosa
que de tão triste, o coração quer clamor.

 Sinto-me só na companhia de tua imagem
Eternizada na mente e em meu coração
Sofro, ouvindo o vento que causa  friagem
que me arrepia, ouvindo essa melódica canção.

 Sinto os olhos escurecerem em minha face
como se eu passasse pelo vale das sombras
Morro, morro lentamente como se me esmiuçasse
Em meio a ventos fortes e gigantescas brumas.

Penso, sofro e choro, morro porque te perdi
Amo-te acima de tudo nesse mundo,
quanto mais penso em você, mais se afasta de mim.
Como se caísse num imenso abismo profundo.
Autor: Jostly

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

HOMENAGEM À SÃO PAULO


Cidade ilustre, coração do Brasil
“terras frescas mui sadias de ares frios”
“de boas águas, mui boa para catequizar”
Disseram os jesuítas ao subirem a serra do mar.

 Numa pequena colina de Piratininga
próximos aos rios resolveram se instalar
Uma missa de boas vindas quiseram proferir
junto aos majestosos rios Anhangabaú e Tamanduateí.

 Fundaram São Paulo de resplendor radiante
sem saber, aqueles célebres padres
Era 25 de Janeiro de 1554, data marcante
Coroaram o nascimento desta nobre cidade.

 Majestosa cidade que ao mundo veio encantar
mãe generosa dos filhos do Brasil
Absoluta rainha troante deste lugar
és tu São Paulo mãe soberana e gentil.

Cidade que não dorme, nem as luzes se apagam
casais apaixonados beijam-se nas praças
nas ruas, nos bailes, embalados por sua magia
assim, é esta fantástica cidade que a todos abraça.

 Inspira os sonhos e germina felicidade
cobre o Brasil com sua vistosa elegância
Transborda magia esta deleitosa cidade
Obrigado São Paulo pela sua existência.
Autor: Jostly

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

CAMINHOS DO CORAÇÃO


"De todos os caminhos que me levaram ao coração, o único em que eu não me perdi, foi o que me levou até você." 
Autor: Jostly

sábado, 11 de janeiro de 2014

MEDO

"Tenho meus medos e minhas inseguranças, mas não superam meus desejos e meus anseios."
  Autor: Jostly

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

TURISTAS


"Se dessa vida somos apenas meros turistas; que façamos nossos passaportes valerem a pena"
Autor: Jostly

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

INVEJA



Malditos indivíduos de olhos invejosos
Rancorosos olhos que me veem passar
Olhos malignos, maléficos olhos maldosos
Onustos de maus presságios para lançar.

Maldizem ó enraivecidas línguas faladoras
Assassinas de minha impecável reputação
Rogam-me pragas em forma de coro
Ó más-línguas, sombras da maldição.

Pouco importa o que faço e o que não faço
Pouco ainda, o que fiz ou o que deixei por fazer
Pouco importa o que sou ou o que não sou
Tampouco, o que tenho e o que deixei de ter.

Têm pessoas que me afligem, me fazem chorar
Outras querem o meu bem, me fazem sorri
Algumas me desejam mal, me querem infeliz
Há quem estendem as mãos para mim alegrar.

Não ligo para o que falam de mim
Não as dou ouvidos, sou assim
Ignoro o que pensam ou dizem
A meu respeito, sou quem eu sou, enfim.
Autor: jostly

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...